Aumento na produção de motos projeta crescimento de 11% em 2018

Motocheckup Abraciclo 2017 Foto Marcel Mano

As fabricantes de motocicletas produziram 96.277 unidades em julho, um avanço de 34,7% sobre o mesmo período de 2.017 (71.482 unidades). Na comparação com junho (50.118 unidades), o crescimento representou 92,1%.

Nos sete primeiros meses de 2.018 foram produzidas 590.961 motos, alta de 19,3% em relação ao mesmo período do ano passado (495.232 unidades).

Marcos Fermanian, presidente Abraciclo, foto Marcel Mano
Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Para Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, fatores como a ampliação da oferta de crédito e maior participação do consórcio estão sendo fundamentais para bons resultados. Com isso, a Abraciclo revisou recentemente para cima a projeção em relação ao volume de produção esperado para este ano, passando de 935 mil para 980 mil unidades, o que significa um crescimento de 11% em 2018, na comparação com o ano passado.

ATACADO

Na análise de vendas as motocicletas destinadas às concessionárias – o crescimento representou 36,9% em julho (88.773), ante julho de 2.017 (64.830 unidades). Em relação a junho (50.833 unidades) a alta foi de 74,6%, e no acumulado de janeiro a julho, foram vendidas 540.084 unidades, correspondendo a um aumento de 15,6% sobre igual período de 2.017 (467.143 unidades).

Entre as categorias mais comercializadas em julho, os destaques foram a Street, que aparece no topo do ranking com 51,2% de participação (45.482 unidades), a Trail, com 19,8% (17.548), e a Motoneta, com 15,3% (13.571). Na sequência, vieram Scooter, com 7,2% (6.419), e Naked, com 2,2% (1.927 unidades).

EMPLACAMENTOS

Com base nos dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), as vendas no varejo totalizaram 76.226 unidades em julho, representando uma alta de 8,4% sobre o mesmo mês de 2.017 (70.320 unidades). Na comparação com junho (74.069 unidades) o crescimento foi de 2,9%. No acumulado dos sete meses as vendas no varejo cresceram 7,1%, sendo 532.955 neste ano e 497.518 unidades no ano passado.

A média diária de vendas em julho ficou em 3.465 unidades, correspondendo a uma alta de 3,5% sobre o mesmo mês do ano passado (3.349 unidades). Na comparação com junho houve recuo de 1,8% (3.527 unidades).

EXPORTAÇÕES

Em julho foram exportadas 5.229 unidades, um recuo de 37,6% sobre o mesmo mês do ano passado (8.380 unidades), enquanto que em junho o crescimento representa 18,7% (4.404 unidades). Com relação ao desempenho no acumulado dos sete meses, foram exportadas 46.259 motocicletas, aumento de 13,4% sobre as 40.797 unidades registradas em 2.017. Os principais destinos neste período foram, pela ordem, a Argentina, Estados Unidos e Colômbia.

MOTOCICLETAS – PROJEÇÕES 2018 REVISADAS

2017 2018 Quantidade Variação %
Produção 882.876 980.000 97.124 11,0
Atacado 814.573 900.000 85.427 10,5
Varejo 851.013 915.000 63.987 7,5
Exportação 81.789 80.000 1.789 -2,2

 

Motocheckup Abraciclo 2017 Foto Marcel Mano
Motocheckup Abraciclo São Paulo 2017

Leia tudo postado sobre a Abraciclo em TMoto: https://tmoto.wordpress.com/?s=abraciclo

Marcel Mano
Marcel Mano Comunicação Integrada
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.